Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem dera...

É Natal! Nascimento de Jesus.
Renascimento. Recomeço. Festa. Fé. Família. Felicidade. Fraternidade.

Quem dera todos estivessem bem agora.
Quem dera não houvesse dor, fome, medo, vazio, mortes.
Quem dera todos pudessem contar com o próximo. Nem que fosse só para um abraço.
Quem dera habitasse em todos o sentimento da gratidão, da compreensão, da caridade, da paz de espírito.
Quem dera fôssemos todos humildes, tivéssemos o senso da partilha. Quem dera os sons ouvidos não incluíssem aqueles oriundos da violência, do sofrimento.
Quem dera fosse concedido a todos a OPORTUNIDADE.
Quem dera fosse sempre praticada a igualdade, sendo os que podem e tem mais dividindo com aqueles que pouco detém.
Quem dera houvesse paz!
Quem dera todos tivessem fé.
Quem dera todos pudessem amar.
Quem dera todos fossem felizes!
Ah... quem dera!!!
Quem dera todos comessem, dormissem em local limpo e aquecido.
Quem dera a vida fosse doce e suave para todos.
Quem dera tivéssemos a coragem para dar o primeiro passo.
Quem dera Deus viesse à terra dar suas ordens pessoalmente, governasse nossas atitudes nos mostrando o quanto somos pequenos,
o quão pouco fazemos para melhorar o mundo. E que sabedores disso, descruzássemos os braços e déssemos espaço para a AÇÃO!

Que o próximo Natal seja mais fraterno, mais humano! E que nós aprendamos a fazer a nossa parte! (24.12.06)
Mírian da Glória Alves
Enviado por Mírian da Glória Alves em 12/09/2007
Código do texto: T649319
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mírian da Glória Alves
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
8 textos (624 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:20)