Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JURAS NÃO CUMPRIDAS

Tu decerto já te esqueceste.
Mas eu não.
Não esqueci o banco de praça sem graça.
O que nos prometemos.
Não esqueci o beijo que selou nosso pacto.
Tanto tempo.
Deus!
Tanta coisa esquecemos.
Mas não esqueço a jura que fizemos.
Não esqueço o beijo que demos.
E penso no caminho que trilhamos.
Quanto nos amamos!
Eu me pergunto.
E as nossas juras? Por que não as cumprimos fielmente?
Por que a vida muda de forma tão inclemente?
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 12/09/2007
Reeditado em 08/04/2011
Código do texto: T649444

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4570 textos (80376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 13:15)
SONIA DELSIN