Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tristeza...Transformada...

Hoje quero poder olhar o mundo com amor.
Acreditar no tempo, na sabedoria, na eterna transformação.
Hoje quero ouvir a voz do tempo presente.
O único que tenho e ter a certeza de que tudo o que não foi, será.
Quero sorrir, não porque exista uma cultura que exige o sorriso...
Quero sorrir simplesmente porque apesar dos pesares,
Meu sorriso é Hoje a minha rebeldia,
A rebeldia amarga dos infelizes não me ilude mais,
Nem me impressiona sua pseudo inteligência,
Ou sua pseudo verdade.

Hoje quero poder falar do que acredito e do que penso.
Quero conscientemente saber que o poder que quero, eu tenho.
Olhar, falar, pensar, acreditar, mudar.

Hoje sei que só posso mudar o mundo, mudando-me.
E sei que essa mudança me leva a querer fazer o melhor para o mundo,
Mas esse melhor é apenas a minha verdade, que é minha, mas não é a única.
Então todo o bem que puder fazer, farei, levarei.
Mas não posso ter a pretensão
Que seja aceito impermeavelmente...
Mas ainda assim é meu bem e minha verdade...e de muitos outros...
Então este bem abre as portas da evolução...
Porque de qualquer forma não há sentido,
qualquer evolução que não seja socialmente compartilhada...
e nisso não há arrogância...é apenas o seguimento sucessivo do caminho...
É um sentimento, uma ação que do bem nos impele, nos exige, de dentro para fora.
Apenas neste caminho resta-nos o não apego a qualquer verdade,
porque apego a verdade, transforma-se em dogma e quando isso acontece o bem deixa de caminhar adiante e não é mais bem, é arrogância, arrogância de acreditar que o bem só poderá caminhar daquela maneira ou daquele modo...e aí o bem torna-se religião em sua face mais sombria, da verdade proclamada como única.
E verdade É, não é única, ela se transforma e como nós evolui e modifica....o bem é próspero.

Hoje quero poder olhar o mundo com amor...
Acreditar no tempo, na sabedoria, na eterna transformação...
Mas Hoje não quero acreditar no Bem, o Bem É, independente de minha crença, sei que o Bem É!

Hoje olho o mundo com Amor, sabendo que só o Amor modifica!

Hoje a tristeza veio me visitar, mas não veio só, veio de braços dados com o Amor....
E é só por isso...
Que não apenas quero, eu posso e olho o mundo com Amor!
Valeria Trindade
Enviado por Valeria Trindade em 12/09/2007
Código do texto: T649575
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valeria Trindade
Londrina - Paraná - Brasil, 49 anos
141 textos (25782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:21)