Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A flor de cácto e A Violeta

 
Todos os dias te miro
 
flor rude e vistosa
 
o vento te embala num giro
 
e o sol te faz luminosa.
 
 
 
Eu, violeta delicada
 
sensível ao sol e vento
 
por mim tu és amada
 
todo dia, noite, momento.
 
 
 
Tuas pétalas suaves e finas
 
escondem-me teus espinhos
 
tua beleza ficou na retina
 
como pássaros em ninhos.
 
 
 
Você flori num  instante
 
com sol ou chuva, és forte
 
sê a mim forem constantes
 
que triste será minha sorte.
 
 
 
todas as noites sou regada
 
das lágrimas do meu amor
 
somente a noite estrelada
 
pra consolar minha
dor.
 
 
 
Ah, flor cor-de-rosa
 
violeta é a minha cor
 
enquanto se mostra formosa
 
do sol retenho o calor.
 
 
 
o amor que tu procuras
 
terás quando eu florir
 
pois como braços de ternura
 
minhas pétalas serào para ti.
 
 
 
 
 
Ninna Marques
Enviado por Ninna Marques em 12/09/2007
Reeditado em 01/08/2011
Código do texto: T649869
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ninna Marques
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
129 textos (3148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:18)
Ninna Marques