Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas pelo Brasil

Hoje chorei,
lágrimas de vergonha,
pela impunidade, pelo desprezo e pelo desrespeito
ao cidadão brasileiro.
Quando a entrada da caverna se fechou,
Milhões do lado de fora,
ainda mantinham acesa a última fagulha de esperança.
Do lado de fora, ficaram os que sustentam o Brasil,
que produzem suas riquezas,
que sofrem as dores
e que ainda têm vergonha na cara!
Dentro, uma minoria, busca salvar uma honra, já há muito esfarrapada.
Ali Babá e seus quarenta, sem nomes, sem rostos,
escondidos no mesmo propósito: auto-proteger suas famigeradas safadezas.
O placar anuncia a vitória!
É hora de tapinhas nas costas!
Risos debochados em faces maculadas!
Notas oficiais à imprensa, antes censurada no seu dever de informar.
Vitória?
Comemorar o quê?
Se o Brasil hoje ficou mais pequeno!

Oséias Santos de Oliveira
Santa Rosa - RS
oseias.ol@uol.com.br
Professor e Membro da ASES - Associação Santa-rosense de Escritores
Oséias Santos de Oliveira
Enviado por Oséias Santos de Oliveira em 12/09/2007
Código do texto: T649919
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Oséias Santos de Oliveira
Santa Rosa - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
68 textos (49257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 16:24)
Oséias Santos de Oliveira