Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrato (abandono

Sou uma casa
à beira d’um rio.
Dentro de mim
habitam risos,
e gritos,
e vozes.
Muitas vozes!

De minhas paredes
ecoam suspiros,
e sons,
e silêncios.
Muitos silêncios!

Sou uma casa
às margens d’um
rio barrento.
Barrenta é a
vestimenta que uso!

Por mim passam
barcos,
e barquinhos,
e barcaças!

Por mim as águas
passam,
e vão,
e regressam!

sou uma casa
à beira d’um rio!

Um rio...
Uma casa..
Uma solidão!

(Rio Guamá- 31/12/96)
Di Mattos
Enviado por Di Mattos em 13/09/2007
Código do texto: T650223

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Di Mattos
Belém - Pará - Brasil
75 textos (3133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 11:07)
Di Mattos