Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Causo dos Buracos

O Causo dos Buracos

Indiada Véééia do Recanto das Letra!

Se há uma cosa que vaí além das tênues fronteras apresentadas pelos dialetos e culturas locais e que mantém a unidade nacional é os buracos nas estradas brasileras do Oiapoque ao Chuí. Deixo de fora a falta de honestidade e a safadeza porque isto já tá virando fator de unidade planetária destes tempos trombudos (Ai que saudade dos tempos bicudos!).

Pois ansim como no restante do mundo, buracos também acontecem aqui no Tercero Distrito. E também como em todo lugar, vivíamos de mau humor, em constante estado recramatório. Então tomamos uma atitude que mudou o fóque da questã e hoje temos um profundo respeito cívico por cada um deles!

- "Assim como as rugas na face de um sábio ancião nos contam as histórias gloriosas de tempos idos, os nossos buracos são testemunhas das idas e vindas de nosso povo aguerrido e varonil ! Marcas do trote de dias festivos e do galope das muitas escaramuças na defesa de nossa liberdade !
Esta terra já tem dono ! Bradava enfezado Sepé Tiarajú, enquando o cavalo dele bufava escavocando os fundamento de um dos mais munaio, bem defronte da nossa subperfeitura..."

Pronto ! Dispois deste brilhante discurso, a Camera dos Vereador votou a lei que tombou todos os buracos do Tercero Distrito (os existentes e os por vir...) como Patrimônico Histórico e proibia a tapagem de qualquer um deles. Finalmente, pela premera vez na história da humanidade a paz entre homens e buracos fora alcançada!

Eu sei que um exempro de civilidade e democracia deste quilate não é facil de ser seguido, mas percisamos dar um jeito de amar o chão donde nascemos em qualquer estado em que ele se apresentre!
Bueno, prá concluir eu tento consolar o povo do restante do Brasil e arredores dizendo que inveis de recramarmos destes nossos simpáticos buraquinhos temos todos que alevantar as mãos para os céus e agradescer por termos um lugar donde viver! Pois se aquela fatídica pedrada que criou o Golfo do México tivesse caido aqui, o buraco teria sido mais embaxo e hoje em lugar das garridas e verdejantes terras do nosso Brasil amado teriamos uma Bahia da Guanabara extendida até a Cordilheira dos Andes! Servindo de morada para os portenhos patos da Patagônia!

E prá finalizá, um versinho de efeito:
Nunca se esqueçam: No nosso mundo tudo é passíver de transformaçã.
O calombo de antonti pode se tornar o buraco do dispois de amanhã!
(Não sei porque mas isto fez me alembrá da Roberta Close...)





Steve Johnson de Almeida
Enviado por Steve Johnson de Almeida em 13/09/2007
Reeditado em 15/09/2007
Código do texto: T650261
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Steve Johnson de Almeida
Taquaruçu do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
50 textos (3897 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:11)
Steve Johnson de Almeida