Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOVOS RUMOS

Novos rumos

Observemos o vento e as marés,
ou mesmo as estações do ano.
Tudo no universo surge em ciclos;
Nasceram, e tiveram seus inícios
logo, irão experimentar o ápice,
nada deixará de envelhecer
e tampouco se pode evitar o falecer!

Estamos num mundo dominado;
tomados pela ira, avareza e estupidez,
onde os seres humanos expressam
os mais baixos sentimentos,
continuamente expondo aos semelhantes
o egoísmo, a ganância e o ódio.
Sim, viciaram-se em escuridão,
na ânsia de satisfazer aos desejos!

Na natureza, na essência do veneno
encontra-se a formulação do antídoto.
Alocaram-se tais baixos sentimentos
no coração dos seres humanos;
E exatamente lá, encontraremos a solução,
saindo do impasse destrutivo e
iniciando um novo ciclo, criativo!

No seu mais profundo íntimo,
está a benevolência necessária
para por fim a esse período turbulento;
É possível retomar uma cultura de paz,
onde haja como único princípio
o alto valor da vida de cada indivíduo.

Surgiram os venenos em nosso coração,
e nele podemos expurgá-los, com determinação!
Transpondo a avareza para o compartilhar,
indo do rancor à profunda compreensão,
caminhando da estupidez à cordialidade.

Para o nosso bem e das gerações futuras,
exerçamos o direito desta transformação,
para a riqueza do coração, dos bons sentimentos!
É possível abandonarmos o culto ao escuro,
criando um rico interior voltado à iluminação,
direcionando a poderosa chama dos desejos!

Devotando a vida na busca da realidade última,
observando a vida e a morte, em sua unicidade;
Enquanto enxergamos a causalidade,
inerente a todos fenômenos, manifestos o não;
Trilharemos, decididos, o supremo caminho
para manifestar a iluminação.

Promovendo o tesouro do coração
– único e verdadeiro tesouro –,
tudo que for leve e solto,
tal como as idéias vis e nefastas,
as quais afastam das pessoas
os valores do bem, do belo e do útil,
e trazem para a vida a infelicidade,
será tenazmente soprado ao longe!

visitem nosso site!
www.juliosilva.net
Julio Silva
Enviado por Julio Silva em 13/09/2007
Reeditado em 13/09/2007
Código do texto: T650519

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Silva
Iguape - São Paulo - Brasil, 49 anos
122 textos (8665 leituras)
1 áudios (583 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:51)
Julio Silva