Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAMA

Aberração humana,
a fera ainda brilha bela.

Sentir-se fetiche Frankstein
do humano ser.

Por anos morrer
permeando entre lamaçal.

Do desprezo,
arroto dos esgotos,

todos os anseios se perderam
na obscuridade vazia do não-ser

ter o peso da culpa de não-poder
conseqüente em fazer sofrer;

nada tem, nada fez, nada é...
Nada a querer, nada a receber...
Erode Lino Leite
Enviado por Erode Lino Leite em 29/10/2005
Código do texto: T65120

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Erode Lino Leite
Nioaque - Mato Grosso do Sul - Brasil, 53 anos
121 textos (14578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:18)
Erode Lino Leite