Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA DE PEDRA-SABÃO

                          POEMA DE PEDRA-SABÃO


A paisagem do vale quando adentrado por Diamantina
É uma paisagem dura e bela

Pedra dura pedra bruta pedras e mais pedras na retina dos olhos
O luar sobre o verde dos arvoredos sobre as pedras de sol e sal

A poesia entrando e saindo dos becos
O sino da igreja tocando nas manhãs de domingo

Procissão nas ruas calçadas de pedra-sabão
Poema de pedra-sabão segredo da ressurreição

Coroa de El Rey bateia de garimpeiro
Rio passando entre pedras sempre-vivas ao vento

    Cláudio Bento
Cláudio Bento
Enviado por Cláudio Bento em 14/09/2007
Código do texto: T651892

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cláudio Bento
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
35 textos (3966 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:31)
Cláudio Bento