Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NEFASTO DESTINO DAS CAVEIRAS

Foi no dia do romance das caveiras
Aconteceu aquela enorme tragédia
Para alguns não passou de comédia
Mas foi fatal para o amor entre elas

Foram nos lençóis já esfarrapados
Que seus ossos se enroscaram
Tanto nos lençóis embaralharam
Que os ossos ficaram amarrados

Foi tanto o esforço para se soltar
Ou foi no vai e vem das caveiras
As tantas horas da noite e meias
Que conseguiram até se separar

E o osso dele foi juntado ao dela
O osso dela foi parar noutro lugar
Foi impossível as caveiras montar
Não se sabia mais quem era ela

Ela então começou a falar grosso
Ele começou então a falar mais fino
Foi horrível aceitar nefasto destino
Por causa da troca de algum osso
Renate Emanuele
Enviado por Renate Emanuele em 30/10/2005
Código do texto: T65257
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Renate Emanuele
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
136 textos (10571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:38)
Renate Emanuele