Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UTILIDADE



 
O mendigo,
no viaduto do vazio,
na esquina da nulidade,
entre o nada e coisa nenhuma,
deitou-se,
sob o teto de zinco das estrelas.
cobriu-se
de pétalas de seus sonhos
e adormeceu.

Acordou morto.
jazia na eternidade do acaso.
Mais tarde,
seu esqueleto foi usado
para dar aulas de anatomia
numa faculdade de medicina.

E assim,
pela primeira vez na vida,
o pobre mendigo
sentiu-se útil.

                                           
Mário Annuza
Enviado por Mário Annuza em 30/10/2005
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T65323
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Annuza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
62 textos (3813 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:22)
Mário Annuza