Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cidadão

o pacato indivíduo estava a passear
passeava e passeava
com o mundo e pensar
como a consciência era feia
comentava em seu passeio ao mundo
e não parava de menosprezar a consciência
pois não haveria nada pior que ela
disse a pensar
realmente a consciência não era nenhuma santa
gostava de enganar, de fantasiar, de criticar
e um caso tem a contar
esse quem vos fala
em um certo dia bem ensolarado
um homem apareceu
tinha aparência bonita
estava bem arrumado
seu rosto reluzia, às vezes até mais que a luz
era tão brilhante que me deu de presente um emprego
e trabalhei bastante
com muito gosto e zelo
não mais obstante
estava eu num instante
quando apareceu ela
trazia junto consigo idéias
idéias de independência
de dias melhores
de melhorias de vida
só não conseguia entender para quê
já que tinha tudo que precisava
para a minha sobrevivência
e ela em sua obstinação
não parava em insistir em dias melhores
mas se os meus dias estavam cada vez melhores
o que tanto queria dizer?
fui consultar com quem entendia mais
e a resposta que tive foi que ela era a opinião
e cada vez mais sem entender
achei melhor então
ter a minha opinião
como não sabia onde comprar
se era na farmácia, no mercado ou na loja
por acaso vi uma propaganda
e comecei a entender o que era a opinião
era aceitar as coisas como elas são
quem nasce escravo nunca será rei
quem nasce rei nunca será escravo
e aí entendi
e comecei a interpretar melhor a minha vida
pois agora sabia de onde vinha
e aprendi que a consciência
não é coisa para mim
por isso tenho que dizer ao mundo
antes de pensar
no mundo melhor sem consciência será.
Marcelo Torca
Enviado por Marcelo Torca em 15/09/2007
Código do texto: T653820
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcelo Torca, www.marcelotorca.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Marcelo Torca
Paulicéia - São Paulo - Brasil, 44 anos
812 textos (458861 leituras)
575 áudios (161101 audições)
392 e-livros (319585 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:22)
Marcelo Torca

Site do Escritor