Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amazonia

Es rica, es pura , es verde
Grande pulmão do mundo!
São muito os desmatadores
Que procuram cavar teu tumulo
Se um dia te perder
Será meu ultimo suspiro
Quero sempre te ter
Sem tuas matas não vivo
O Brasil esta de luto
Pondo-se apenas a chorar
Com os fenômenos do planeta
Será que o mundo vai acabar?
Não e tarde pra uma solução tomar
Pois somos nos que a floresta estamos matando
Não podemos ficar parados
Apenas nos lamentando
Vamos erguer a cabeça!
O futuro esta por vir!
Nossos filhos terão mais vida
Se teu ar puderem sentir
Vamos gritar numa so voz
Pra que todos possam escutar
Diga sempre não a devastação
E a amazônia nunca deixe de amar
diogo vieira
Enviado por diogo vieira em 15/09/2007
Reeditado em 22/09/2007
Código do texto: T654059

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.recantodasletras.com.br/autore/dirisasi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
diogo vieira
Limoeiro - Pernambuco - Brasil, 27 anos
32 textos (1281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 22:43)
diogo vieira