Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alcovas Noturnas.


Quando os raios de sol atravessaram
As cortinas,tua cumplicidade embalava
Em berços meu prazer/. E quando chorava
Em meu peito tuas lagrimas quentes/.Teus
Lábios  úmidos misturam-se mesclados./
De desejos em movimentos felinos./

Meu amor, para que pensar/.Enquanto
O turbilhão das águas afoga nosso
Ultimo ato estrelar,na arena dos lençóis
 Divinos./No final tu dominas o ladrão de
Alcovas noturnas,com as amarras serpentinas.


Ps. este poemas tem barras,mas não tem parceria.
demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 15/09/2007
Reeditado em 15/09/2007
Código do texto: T654173

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (demetrio luzart). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
980 textos (36577 leituras)
12 áudios (774 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:24)
demetrioluzartes