Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada Restou

Quantas cartas eu já deixei de mandar
Pelo medo de ser taxado de babaca
E quantas vezes eu já engoli o choro
Para não ser chamado de fraco

E das vezes que eu fiquei calado
Mesmo sabendo que aquilo era errado
E das vezes que eu deixei o que era certo
Apenas pra manter você por perto

Mas agora acabou
Não vou mais mendigar amor
Agora já passou
Deixa eu ver o que restou...
...nada
Fábio Melo
Enviado por Fábio Melo em 16/09/2007
Reeditado em 16/09/2007
Código do texto: T654951

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Melo
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
448 textos (43062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 18:36)
Fábio Melo