Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO CONCRETO

Meus sonhos são avessos,
Estátuas de pedras.
Molho o  delírio com a mesma
Frieza que banho  o ornamento.
Lapidadas vontades no concreto.
O imáginário não te acolhe,
Recolho-me então , desse sereno
Absoluto que magicamente
Encanta a minha noite.
A estátua no jardim...
Não é mais querubim.
Quebrei-me.
Imaculado encanto.
Deito-me nos teus braços
Eles são frios,mas me acolhem.
Vou sonhar agora...
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 17/09/2007
Código do texto: T656268

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60267 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:13)
Luciane Lopes