Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PODER INDEFINIDO DAS COISAS SUGESTIVAS.

   POR TANTOS INFERNOS EU PASSEI SEM ME QUEIMAR.
   COLECIONANDO DERROTAS E FRASES DITAS AO AR.
    PENSEI ATÉ TER VISTO O DIABO SER O ULTIMO A SAIR
    APAGANDO AS LUZES SEM NOTAR QUE EU ESTAVA ALI.

   GRITANDO EM VÓZ TÃO IMPIA AO REINO DOS CURDOS,
            QUE DORES INIMIGAS PODERIAM MAGOAR
    PARA OS GUERREIROS DE LANÇAS QUE EM SEUS ESCUDOS
   BORDARAM CHANCES E OS MEDOS QUE PODIAM ACREDITAR.

 EM PODERES INFINITOS QUE TANTAS ESTRELAS CAINDO DO CÉU
              SE PERDENDO EM FOGO CHEGANDO NO MAR.
 SENTE NAQUELA PEDRA E ESPERE A BRUXA DO TEMPO PASSAR,
  MOVENDO CAMINHOS E FAZENDO LAGRIMAS DESTRANSFORMAR.
     SONHOS E PESADELOS EM REALIDADESQUE POSSÃO RIMAR
                      SUA TRISTEZA E MINHA MELANCOLIA.



   
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 17/09/2007
Reeditado em 17/09/2007
Código do texto: T656417

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11155 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:45)
DIEGO HUXLEY