Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Já posso sentir as gostas de Sangue
Que se escorrem pela minha face como lagrimas
A única coisa q me conduz agora é a solidão
A algum tempo que a escuridão me rodeia
E eu não consigo mais sonhar
Sento em algum canto perto de alguns anjos sem asas
Eles são tão frios e medonhos
Eles não me ouvem e não me compreende

Queria eu poder fazer que essas linhas me ouvissem
O meu clamor e meu sofrimento
Agora eu estou parada sangrando e acabada
Sem ter o que pensar
Minha alma está sentada entre o céu e o inferno
As pessoas se tornaram para mim o próprio Demônio.

Deprimida, triste chorando aqui estou eu...
Sem ação ou reação.
Por todos os lados que eu olho vejo sombras
Sombras que não existem
Elas mi assustam
e eu já não consigo ver mais nada.

Hoje já sei que não consigo ser nada
Sem minhas linhas no caderno
Pois hoje ela são as únicas que ouvem o desabafo desse inferno

Renato D Oliveira
Enviado por Renato D Oliveira em 18/09/2007
Reeditado em 13/11/2008
Código do texto: T658236
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Renato Dieckson). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Renato D Oliveira
Gurupi - Tocantins - Brasil
2228 textos (188353 leituras)
2 áudios (432 audições)
2 e-livros (204 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 14:07)
Renato D Oliveira