Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o cantor

“boemia, aqui me tens de regresso”
dizia o grande Nelson Gonçalves

eu diria:
poesia, nunca de ti fui egresso
nem quando peguei o expresso
e fui pra outro planeta
atrás de uma bela ninfeta
e de uma papeleta
ou ficha de inscrição
por causa da burocracia

foi quando aprendi que poesia
está em tudo o que faço
está em tudo o que digo
está em tudo o que caço
com ou sem embaraço
junto ao abraço do amigo
ou com o inimigo que faço
pois o que pra mim é poesia
não sei se pra ele seria

mas sei que da vida a magia
é claro, ninguém desconhece
nem que se esconda a prece
na essência de alguma alquimia
isso o Nelson Gonçalves
também me disse um dia...


Rio, 14/11/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 19/09/2007
Código do texto: T658707

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6796 textos (147468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:05)