Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Queria saber

              Queria saber...
A mim chegou como flores
Foi me dado tua beleza
Juntos nos acalentamos
 E me senti tua pequena
Sua amada com grandes valores
 Que nem o mundo me tiraria
Pois seria sempre a tua amada
Amarmos, sim aceitamos.
Pois o amor é a parte de vida
Pensei que o amor me pertencesse
 Não que me achasse merecedora
Você entrou em minha vida
Fez com que tudo se transformasse
Mas essa vida ingrata...
 Deixou-nos distantes e tristes
Pois esquecemos de que conquistar
Esquecemos que amar
Isso nem sempre pode se ter
Porque apenas ter ao longe...
O coração não suporta tanta dor
 Mas porque a distancia magoou tanto?
 A tantos ou nós nos magoamos? Não sei...
A tristeza bate profundamente...
Sinto-te cada dia mais distante
Sei que sempre terei um lindo sorriso ao ver-te
 E talvez amanhã eu conquiste o seu sorriso
Quem sabe podemos sorrir de novo...
Juntos como quando nos conhecemos.
 No inicio era tudo bom,
Mas o tempo passou e foi distancia a todos
E nós permitimos, e agora...
Amanhã é outro dia, quem sabe voltamos a ser felizes.
Meu amor, destino, nós fazemos?
Destino, nós escolhemos?
Isto é uma justificativa plausível para nossas derrotas?
Para nossas tristezas?
Não sei, não consigo saber...

Por sonequinha

Sonequinha
Enviado por Sonequinha em 31/10/2005
Código do texto: T65898

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonequinha
Descalvado - São Paulo - Brasil, 49 anos
63 textos (3726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:51)
Sonequinha