Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOL QUE NOS ACLAMA
Juliana Valis



Na vida, tanto suor e desventura

Inunda o âmago da esperança dita humana

Que todo verso desfalece, assim, sem cura

Na loucura de um sol que nos aclama...



E quando o sonho pede amor, já tão sem calma,

Nada mede a incerteza da ilusão,

Na correnteza que percorre toda alma,

Tudo escorre pelos céus do coração...



Pois não permita que a tristeza ocupe o cerne

De sua mente, quando faltar todo sentido,

Olhe o mar, em sua alma, verso inerme,

Veja o sol, assim disperso, nesse abrigo...




E quando a luz, em labirintos de uma paz,

Abrir seus olhos no equilíbrio tão humano,

Aqui, na alma, verá que o amor é tão voraz

Que vai além da estupidez, do mundo insano.



----













Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 19/09/2007
Código do texto: T659013

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883780 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 04:21)
Juliana Silva Valis