Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O VINTE DE SETEMBRO: OS FARROUPILHAS

Era um ideal de liberdade,
De igualdade e fraternidade.
O lema mais universal
E sem igual.
Um grito que ecoou na pampa
E retumbou na história...
Mas foi uma jornada ilusória,
na busca de uma utopia,
 e que acabou vazia....
Como sonho nasceu
E como sonho morreu.
Apenas a esperança não feneceu.
Nos corações dos heróis,
Ela permaneceu e brilhou,
Longe, no horizonte da pátria,
Como faróis, mostrando,
Um clarão de insatisfação,
De um povo altaneiro
Que habita por inteiro
Na província de  São Pedro.

E por longos dez anos
O Rio Grande do Sul mergulhou
Numa luta  desigual, inglória.
A pampa inteira sangrou,
Manchou com o sangue
Dos Farroupilhas,
As páginas da história.
Todo o Rio Grande chorou,
Numa luta onde não houve
Vencedores, só perdedores.

Ainda hoje se escuta,
Nas noites frias de inverno
Quando a geada cobre de branco,
Este torrão  que será eterno,
O  minuano trazendo em lamentos,
O choro das crianças e das mães,
Filhos procurando pais,
Mães recolhendo filhos,
Que tombaram nos campos,
E passaram da vida para a história,
As quais guardamos na memória,
Num relicário de emoções,
Como uma herança de valentia,
Persistência, amor a terra e galhardia,
Deixado para  as novas gerações.
Marco Antonio Orsi
Enviado por Marco Antonio Orsi em 20/09/2007
Reeditado em 20/09/2007
Código do texto: T660216

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Antonio Orsi
Campo Bom - Rio Grande do Sul - Brasil
1687 textos (68609 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 05:54)
Marco Antonio Orsi