Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nave dos descontentes

A cada dia é mais um que embarca
na grande nave   dos  descontentes
até em pares como a antiga arca
soturnos não mostram nem os dentes

Sua única alegria aos outros desdenhar
xingar e esmagar com as línguas ferinas
tal qual um trator no solo a  desenhar
soltando toda ira que sai pelas narinas

Pobres coitados perdidos nas frustrações
e encolhidos na lama dos  próprios seres
esquecem a vida nas pérfidas distrações
pensam em direitos nenhum dos deveres

Impiedosos atacam pelos seus reflexos
Olham somente pelo que são realmente
independente das raças religiões e sexos
insanos doentes de corpo alma e mente
Lahaina
Enviado por Lahaina em 20/09/2007
Reeditado em 21/08/2015
Código do texto: T660333
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lahaina
Curitiba - Paraná - Brasil
1141 textos (40413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:20)
Lahaina

Site do Escritor