Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rebanho Humano


O Alarido dos pardais
Saúda a manhã que se inicia

Em repetido ritual
Tangível rebanho humano
Vai repovoando becos, ruas e avenidas.

A cidade desperta
De seu aparente sono
Para receber os guerreiros do dia

Homens contritos retomam seus postos de batalha
Para fazerem jus ao sal-minimo
Que lhes permita sobreviver
Com as coisas igualmente mínimas e necessárias.

                                               Enquanto isso
Notícias da tv
Dão conta do sobe e desce da bolsa

                                               A bolsa tem valor
                                               O homem não
Raimundo Nonato
Enviado por Raimundo Nonato em 20/09/2007
Código do texto: T660707

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raimundo Nonato
Teresina - Piauí - Brasil
257 textos (58457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 03:55)