Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MONÓLOGO

Quando as luzes se apagarem,
Os caminhos terminarem,
Perguntarei para mim,
Quem sou eu?

As respostas que vierem,
Os remorsos que sobrarem,
Falarão por mim.

Se o silêncio acontecer,
As palavras não chegarem,
A quietude de meus lábios,
Valerão muito mais que um discurso.

As luzes, os caminhos,
As palavras e o silêncio,
Todos serão ecos,
De uma indomável vontade:
De ser.

Mercê dela,
Os lábios se moverão,
As palavras fluirão,
Os rumores cessarão,
Os caminhos se abrirão,
As luzes serão acesas
E eu farei mais um discurso

Vai valer a pena?
A grandeza da alma,
Decerto,
Dirá que sim.

Rui Azevedo - 20.09.2007
Rui Azevedo
Enviado por Rui Azevedo em 20/09/2007
Código do texto: T660969
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rui Azevedo
Teresina - Piauí - Brasil
176 textos (16383 leituras)
1 e-livros (517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:17)
Rui Azevedo