Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERANÇOSA DESILUSÃO

Caminhei seguindo teu rastro
Por curvas, abismos e vales,
Atravessei em teus  braços,
Na poesia encontrei meu ponto
Depois d'uma jornada de desamores
Abri minh'alma e de portas abertas
Ecoei meu canto,
Criei primaveras de sonhos e cor,
Joguei minha teia por sobres as ondas de dor
E transformei em rendas diversas
Toda tristeza que me restou,
E em tumbas atrozes me sepultei
Na euforia das loucura doída
Num grito atravessado
Que invadiu o nada como um raio
Num fosso estreito e profundo
Queimando o que restou no coração.

(Faz parte do livro meu livro "Solitariedades")
Mônicka Christi
Enviado por Mônicka Christi em 21/09/2007
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T661659
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônicka Christi
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1344 textos (25565 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/17 17:23)
Mônicka Christi