Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANOITECER

Esbraseia meu coração na agonia
Tal qual o ocidente,
Quando o sol se esconde ainda ardente,
E não mais ti vejo...acaba o dia !

A saudade chega como noite fria,
E tudo torna-se sombrio,
Nada aquece meu coração doentio,
Envolto em tons suaves de melancolia!

A tristeza no ar então flutua,
E a cada segundo cresce,
A sombra do teu olhar que a luz recua!

Tudo se faz presente e entristece,
Minha razão de sonhar também é tua,
Surge então a solidão ... anoitece!
Vilma Eugenio
Enviado por Vilma Eugenio em 22/09/2007
Código do texto: T663054

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vilma Eugenio
São Simão - São Paulo - Brasil
36 textos (1589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:50)