Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Samba nostálgico


O samba que pipoca junto ao ronco da cuíca
Na rua perfumada onde todo o mundo fica
O samba me chacoalha qual a onda o mar agita
O coração dispára, a pressão mais que triplica

O samba bem marcado, na batida do pandeiro
O samba do passado que ganhou o mundo inteiro
Do bamba comportado, num terno de linho branco
De panamá colado a parafina no cabelo

Do carnaval antigo, foi o grito derradeiro
O ritmo do samba foi parando lentamente
Do povo, a alegria se despiu na rua nua
Nas filas, passeatas, num vermelho indecente

Da beca do malandro ao país tão decadente
Na festa da orgia que ao povo se insinua
Mas resta a alegria do povo a ecoar na rua:
O som de uma marchinha que vem lá de antigamente

(Djalma Silveira)
Djalma Silveira
Enviado por Djalma Silveira em 22/09/2007
Reeditado em 09/09/2008
Código do texto: T663620

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Silveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
267 textos (10563 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:59)