Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESENGANOS

DESENGANOS

Os dias passaram,
Com eles os meses e anos,
Mas os meus desenganos
Com perdas e danos,
No tempo parou...

Olhares e risos,
Fontes de improvisos
Que o vento levou,
Da vida?  pranto e tédio,
Uma dor sem remédio,
Foi  o que restou...

A paixão?  só saudade produz,
Numa chama de luz,
De um olhar que encantou.
O amor?  sonho e ternura,
Verdade tão pura,
Que o tempo não apagou!
Vilma Eugenio
Enviado por Vilma Eugenio em 23/09/2007
Código do texto: T664311

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vilma Eugenio
São Simão - São Paulo - Brasil
36 textos (1589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 01:37)