Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROPEÇANDO EM MINHA BURRICE

Mas bhá que barbaridade!
Ando tropeçando na minha burrice
Pensando em agir certo
Só ando fazendo tolice.

Tento concertar o errado
Mil planos,bem direcionado
Esfolo a cara na parede
O conserto sai errado.

Cheia de boas intenções
Pureza de coração
Ajeito a coisa de um jeito
Toma-la! Mais uma decpção.

Desço do salto, armo barraco
Grito revoldada a verdade
Ai meto mêdo, me imponho
Mostro minha realidade.

Pintam o caneco comigo
Relevo sou educada.
Mas quando me extresso
Não durmo,varo a madrugada.

Acordo com cara de louca
O primeiro que chega para me enrolar
ja mando se ajoelhar  e rezar.
Fico batendo porta...
Até a noite chegar.

E quando a noite chega
Me arrumo, me aplumo me enfeito
Saio a noite para dançar!
Encontro a paz, recostando a cabeça em teu peito.

Mas tudo que é bom dura pouco
Logo o dia  amanhece
A verdade aparece
Tu é um principe...
Criado em minhas imaginação
Estágio de minha carência
Resutado de...
De minha solidão.








thalya santos
Enviado por thalya santos em 23/09/2007
Reeditado em 07/11/2009
Código do texto: T664843

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
thalya santos
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 66 anos
389 textos (18660 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:27)
thalya santos