Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Buíque

Minha querida Buíque,
És tão imunda e desvalorizada
Que o musgo que nas ruas habita,
De tão grosso que é, não escorrega,
Mas ferem os pés dos que sonham
Contigo uma cidade no lugar de ruinas

Minha amada Buíque
Belas e vazias noites tens no inverno
Adornadas pelos encantos de festas em que me enfado
Presa nas noites de bebados decaidos em celas
Subvivendo um omisso inferno me deparo
Zin Carvalho
Enviado por Zin Carvalho em 23/09/2007
Código do texto: T665536

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zin Carvalho
Buíque - Pernambuco - Brasil, 28 anos
3 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:53)
Zin Carvalho