Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jovens

Eu preso na noite e sua escuridão
No delírio do breu na solidão da alma
No frio que me acalma o cárcere quente
A mente estagnada no tempo
Eu discutindo filosofias efêmeras
Que ainda vão fazer
Na bancada da janela
Eu e ela admiramos o crepúsculo
Fumando cigarro e bebendo vinho
Estamos sem tempo
Perdemos tempo sem fazer nada
Agora tudo acabou e nos morremos por nada
Somos jovens
Guerreiros mortais
Iludidos como tais
Lutaremos pra morrer
Por um pouco de dignidade
Jaz escureci, eu e ela na bancada
Esperando vocês
Mudarem o mundo
Que não muda por causa de nos
Pobre preguiçosos iludidos.
Lucas Castelo
Enviado por Lucas Castelo em 23/09/2007
Código do texto: T665552

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Lucas Castelo Viana). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Castelo
Fortaleza - Ceará - Brasil, 26 anos
316 textos (13124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:29)
Lucas Castelo