Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primavera

Não posso deixar de falar de primavera,
Encanto será no futuro como ainda o é hoje?
E o que me espanta é pelo Tratado de Quioto,
Que a muitos países com total desvelo
não se apressam a tomar certos encalços.
Preocupo-me contigo natureza, muito!
Choro por vezes baixinho ao relento,
de tanto murmurar comigo mesma
Onde estará rosa que já vejo cinza.
Pelos recantos da flora some a orquídea desolada
Fujo-me a descontento com minha querida margarida
percebo-me sem querer salvar só um galhinho de rama,
uma semente, um punhado de terra boa,uma lâmpada aquecida.
Como serás tu natureza,quero que Deus a salve!
Como quero que Deus enfim perdoe esse homem implacável e funesto.
Roseana Chaves
Enviado por Roseana Chaves em 24/09/2007
Código do texto: T666595
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roseana Chaves
Fortaleza - Ceará - Brasil
36 textos (2373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 04:06)
Roseana Chaves