Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO TEMAS...



Não temas a discrepância das horas,

Como versos perdidos ao sabor do relento,

Eis que o amor, sem demoras,

Ecoa só, mas tão lento

Que o coração desfalece em cada sonho de vida... 




Não temas a estrada entre tudo e nada,

Como música que brada o dispersar da lida,

Eis que o mar transforma o tempo numa encruzilhada,

No sentimento humano que já te elucida

O sentido possível do que seja a luz... 




Olha, portanto, para a paz que acalma,

Vendo, além do pranto, o sonho que já te conduz

Ao profundo cerne de tua própria alma,

Muito além do mundo, em cada verso e cruz !



---






Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 24/09/2007
Reeditado em 24/09/2007
Código do texto: T667097

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883876 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:34)
Juliana Silva Valis