Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FESTA

Em mim, um navio aporta
e traz do novo mundo
extraordinárias especiarias.
Coisas belamente espantosas
caem nas mãos de meu povo:
penas, peles, panos, pedrarias,
diferentes cores, novos sentidos.

Há festa e girândolas,
bebidas, suculentos frutos,
antigas anedotas ganham
novas nuances, nova graça.
Danças e poemas brotam
diante dos olhos e dos ouvidos
de minha fascinada gente.

Só eu sou a pedra
e não me movo.
Absorto, aprecio o espetáculo
como se quisesse tirar
desse farnesim intenso
alguma sabedoria.

Poderia estar entre os meus,
mas o meu pensamento é cativo
dessa insana busca
pela razão íntima das coisas.
Francisco C
Enviado por Francisco C em 25/09/2007
Reeditado em 25/09/2007
Código do texto: T667554

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25862 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:41)
Francisco C