Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRAS PARTIDAS

Te alcancei apenas pelas palavras.
Sentia assim você próxima de mim.
Versos e prosas construídos para o adjetivo do amor

O toque sempre aparecia no sim das palavras que escrevia
e na resposta complascente de seu sorriso.
Sentia a união de nossos lábios.

Foi o alfabeto inteiro e levantou-se um castelo de palavras
Nossos cômodos verborrágicos.
Nosso mundo verbomágico.

De repente você sentiu desconforto com as mobílias palavreadas.               Deu um adeus. Na brisa criada pelo agito pendular de sua mão,                             o meu castelo desabou.

Descontruiu o amor fugidío pelo peso insustentável de um não.                 Agora apenas sobram letras incomodadas.
Palavras partidas. Sua partida.
Naldo Coutinho
Enviado por Naldo Coutinho em 03/11/2005
Reeditado em 20/07/2006
Código do texto: T66779
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Coutinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (6977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:16)
Naldo Coutinho