Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminhada entre o certo e o errado

Sinto o ar em brisa suave e gélida,
Umidade do relento coberto por céu luminoso,
Das estrelas que se ofuscam com as luzes da cidade,
Como é bela noite de sons e de violência,
Na boemia expulsar alguém do bar era o auge,

Hoje é vergonha pra quem o faz e pra quem é jogado,
Adentro cada vez mais neste mundo de ilusão,
Beleza que apresenta... só disfarce sedutor,
Como a bela dama em agitada casa noturna,
Será que ela está se divertindo ou somente "trabalhando",

Quem sabe... Moça de família não é a mesma de ontem,
Ou a mesma que vi pela manhã na faculdade,
Metamorfose estranha e lógica pelo colorido do poder de ostentação,
A qual todos querem para se divertir, brincar, zoar ou desejar,
Mas dizem que não traz felicidade,

Mas atualmente até isso se compra,
ouve-se estalos ao longe e ninguém reage,
Se assusta, mas isso é normal, e isso interessa,
Não sou eu mesmo que vou sangrar até morrer,
incerta noite a que andamos, porém, gostamos,

Perambulando indefinidamente,
Nada do que é parece,
E algumas vezes é o que parece,
Ironia, depende do ponto de vista,
Não serei um mártir e nem um prisioneiro,

Mas perante a noite prisioneiro sou dela, pois, dela não escapo,
E nem ninguém e de sustos e alegrias ela se divide,
Mesmice tem, mas sempre uma surpresa inesperada que nunca se repete,
Respira e adentra é o melhor a se fazer,
ou prisioneiro do dia e de meu lar eu serei... e nunca serei...
Léo Azevedo
Enviado por Léo Azevedo em 25/09/2007
Código do texto: T668304

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e link da obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Azevedo
Maceió - Alagoas - Brasil, 36 anos
47 textos (1846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:13)
Léo Azevedo