Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cavalgadas do amor

A solidão virou rotina
na vida resolveu ficar
e o amor não deixa entrar.
Vai solidão... Sai pra lá!

Quero ter alegria no olhar!
Sentir o coração palpitar
quando o amor entrar
e dele se apossar.

Vejo... Num olhar triste
toda a solidão que existe
na falta que um amor faz
através da tristeza de um olhar.

Mas o pranto irá acabar
põe a esperança no olhar
mostre a beleza da alma
e um dia o amor retornará.

Montado em um cavalo branco
com sua crina longa
a bater em meu corpo ao vento
misturando num encanto misterioso.

Trazendo o cheiro da relva ao pranto
que no vento secará
neste encontro de sentimento mais nobre
que é o amor!
Magaliestrela
Enviado por Magaliestrela em 25/09/2007
Código do texto: T668418

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magaliestrela
Fortaleza - Ceará - Brasil, 63 anos
26 textos (676 leituras)
6 e-livros (88 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:49)
Magaliestrela