Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta

A estrela brilha como nunca
Queima minhas vista
Deslumbra ao imaginário
Cansado da vida insana
Que nos mesmo fazemos
Nos humanos vivemos das imagens
Não importa se morremos ou não
O que importa é sua reputação
Sinto-me um otário
Mas o que eles não sabem
É que do calvário vejo minha glória
Da vida vejo meu fim solitário
Pois das imagens nunca ousei viver
Vivo do coração ainda que seja primário
Serei diferente farei poesias
Cantarei trovas nas praças vazias
Que um dia me fará ver o que não vejo
Serei poeta enlouquecido
Assoprarei meus moinhos
Desligarei-me do mundo falso
Serei poeta. Escritor e um iludido
Mas com orgulho direi sou um sonhador


Lucas Castelo
Enviado por Lucas Castelo em 25/09/2007
Código do texto: T668522
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Lucas Castelo Viana). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Castelo
Fortaleza - Ceará - Brasil, 26 anos
316 textos (13147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:05)
Lucas Castelo