Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUNÉREA DAMA...


 Funérea dama...
 
 No caminhar indivíduo, o sepulcro rente.
Fidúcia na vida jaz conhecida. Solfejo beijo
Da nobre dama. Fenece lusco-fusco,
Achincalha incrédulo, quem a ti teme...

Chega sorrindo flanando nevoentas sedas
Turvas .Como flor no bacio, sem água dias.
Adverti adventício vácuo, Abrolhado mais visto.
Tatuado no corpo, ostentando previsto...

Consorte de todo dito-cujo, no alentado
Da existência. A espreitar os passos a desdita.
Impiedosa no sugar a vida! Hora finda...

Lá se vão aspirações á vagar desconhecido
Choramingando sonhos ledos. Quimeras
Ao pé do esquife. Sem avaliar , vai-se às cegas...


Deth Haak

3/11/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 03/11/2005
Código do texto: T66863
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65378 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:23)
Deth Haak