Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nuança

Quando ainda não alcançava
a chave em cima da geladeira,
já colecionava gostos e vontades.
Estes continuam os mesmos,
só um pouco crescidos...

Lembro que gostava das histórias, da literatura.
Sempre pronta para escutar e crescer.
Lembro da língua-portuguesa,
E dos desenhos na borda de cada página escrita.

As palavras, e a biologia do coração
sempre fizeram sentido.
A química, inevitável e necessária.
Porém, o físico, sempre a amadurecer com o tempo:
Como num relacionamento.
Poeta Vane Kolyn
Enviado por Poeta Vane Kolyn em 26/09/2007
Código do texto: T668689
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Vane Kolyn
Santo André - São Paulo - Brasil, 32 anos
34 textos (1806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 00:02)
Poeta Vane Kolyn