Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AROMAS E POEMAS

Logo nascerá um sol
colorido,vitrais de sonhos.
Ou talvez, choverá pingos de
lua,que eu beberei,
morta de sede.
Logo,o sopro será bem vindo.
O hálito quente da madrugada,
ferve os meus olhos secos.
No sopro de algum instrumento,
serei nota musical,afinada.
Na verdade o som da madrugada
esquenta o silêncio que repousa
num canto confuso,só meu.
Espanta, o que me levanta
da cama,anda pela casa.
Logo,sentirei o cheiro do café,
as minha mãos borradas de poemas,
farão poesia na cozinha,na fumaça
que apressada,me faz  respirar ouros
amores,filhos e flores.
É...a hora passa,e eu
vou "passar" um café!


Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 26/09/2007
Código do texto: T668782

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60264 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 19:38)
Luciane Lopes