Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eni A Coce Ht

As vezes dias,
as vezes noites...
Me pego em orgias,
que me devoram com açoite!

Gosto ardio,
sonhos e vultos eu exergo.
Seguido de um vazio,
o arrependimento eu não nego...

Em uma carreira sem rumo,
eu sigo em frente...
Pego um cigarro e fumo,
e me vêm aquele sonho ardente...

Palavras e mais palavras,
saem por muitas portas.
Mas a que estava marcada,
era a que eu estava de costas...

Quando amanhece eu durmo,
quando anoitece eu sumo!

Nem sal, nem estátua.
Não olho pra trás,
vou em frente sem pauta, pausa
O futuro é que me faz...

quem me segue é amigo
o que fica,
não é inimigo
era apenas um grito,
um gemido,
um vulto
um susto,
um amor,
um carinho,
um calor,
sozinho??

Capa preta,
roupa branca,
meio a meio???


Não, o futuro é que me faz.
3:30hs, os trilhos vazios...
O corpo envolto a chamas,
quem me chama??
Assovios...
O presente não me traz.
Desligo...
O passado, jaz!!

By Fourmig4
Fourmiga
Enviado por Fourmiga em 26/09/2007
Código do texto: T668966

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fourmiga
Itajaí - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
28 textos (1322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:28)
Fourmiga