Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marionetes


Nascer do tudo,
Viver no nada,
Crescer no dia,
Morrer na estrada.
Tudo que se conjuga,
Vidas que bailam,
Rodopiam no mundo,
Na vida,
No além.
Presos nas correntes,
No contexto do tudo.
Somos grades,
Prisão.
Liberdade,
Quando virá então?
Somos vidas,
Solidão.
Caminhos tortuosos,
Contidos,
Perdidos.
Somos vidas,
Somos tais,
Presos num cordão.
Vidas,
Somos nós,
A bailar,
Rodopiar.
Num teatro
A ensaiar.
Vidas...
Acabou o ensaio?
Vida,
Cadê você?
Se foi, então.
Sonia Murbach
Enviado por Sonia Murbach em 27/09/2007
Código do texto: T670257
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Murbach
Promissão - São Paulo - Brasil, 53 anos
572 textos (15817 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 17:51)
Sonia Murbach