Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rimas de amor.
De Tania Mara Benaion de C. Motta

Desesperadamente te amei
Mas não percebi e nem julguei
Certa de tudo aquilo que tentei
Ouvi que te afastavas e gritei

Tentei te alcançar e julguei
Que tu ias embora e cansei
Então fechei os olhos e sonhei
Não mais te senti e me desesperei

Não acreditando que te perdi
Toda tristeza do momento senti
Enquanto o tempo passava abati
Porque... por você eu sempre vivi

Tentei esquecer e não esqueci
Sei que bastante eu sofri
Sem sua presença eu temi
E hoje posso dizer que aprendi

Mesmo assim permaneci acreditando
Que em mim você estava pensando
E com isso ficava sempre sonhando
Pois ainda continuava te amando

Como sempre, continuei te buscando
Mas não sabia o porque ou até quando
E com isso meus olhos te admirando
E meu coração sonhador te culpando.

Ainda sinto em mim teu abraço
Em meu corpo descanso seu cansaço
Seguindo-te no ritmo de um compasso
E em teu caminho sigo e ultrapasso

Penso a cada minuto no meu fracasso
Em tua vida sei não ter mais espaço
E nossos caminhos de amor eu retraço
Pra disfarçar esse meu embaraço.

E me despeço de você com ternura
Sentindo em meu coração essa apertura
Por estar em mim tanta amargura
E dizer que te dedico esta versejadura

E se nos encontrarmos e porventura
Perceberes em mim essa desventura.
Mesmo assim, eu sei, a essa altura
Não mais me desejas com a mesma brandura

27/09/2007
Tania Benaion
Enviado por Tania Benaion em 27/09/2007
Reeditado em 02/06/2013
Código do texto: T670933
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tania Benaion
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
591 textos (46250 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:15)
Tania Benaion