Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantiga de Ninar

Uma cantiga de ninar
Pra ti sempre quis fazer
Pra ti flores tributar
E frutos poder colher

Eu que sou do interior
E vivo na capital
Sinto falta desse amor
E esse lugar me faz mal

O açude nas quentes tardes
Dos peixes que nas enchentes
Pulavam na mão da gente
Ai meu Deus isso é saudade!

Acalanto essa canção
Bem lá dentro do meu peito
Um dia vou dar um jeito
De voltar lá pro sertão

Com certeza num acharei
A flor do campo que deixei
No lugar dela vou achar
Desilusão de amargar

Mas coisas de devoção
Vivo sim pra todo o sempre
São infinitas correntes
Que fluem do coração
Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 27/09/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T671048

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 63 anos
185 textos (27946 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:13)
Cabeça de poeta