Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

mar aberto

quase que aleatoriamente
preocupo-me com o
impreocupável
não posso ser detestável
sob o ponto de vista
da minha esquizofrenia
admitiria até uma personalidade
moldada na sutileza
do imponderável
que pudesse ter
como ponto de partida
oblíquas considerações
sobre o egocentrismo
exacerbado
ou um atavismo oculto
nas profundezas de mim mesmo
que seria assim como
um mar aberto
sujeito a especulações geológicas
como se fosse possível
descer a tão longe
a esponja absorve
o meu medo
e quando a pressiono
surge logo o destino


Rio, 24/08/2007
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 28/09/2007
Código do texto: T671950

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6796 textos (147433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 15:02)