Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por favor, levem-nos daqui

 

Quais tristes cães sem dono
cruéis dias nos orfanatos
trágicas vítimas do abandono
à adoção pobres candidatos.

 

De nossos pais nada sabemos
Nem da família, do nosso lugar
Rudes razões ao desdenho
Não temos por nos alegrar.

 

Dias cinzas, tão sós e iguais
Tratam-nos com desdém
Infantes sofridos, marginais
Isolados, somos frágeis reféns.

 

Mas a luta tenaz persevera
Corações aflitos de crianças
Longa e angustiosa espera
Límpidos rios de esperanças.

 

Sonhada liberdade há de chegar
Nosso justo resgate afinal
Longe daqui, em qualquer lugar
Um tratamento fraternal.

 

Por favor levem-nos daqui...

Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 28/09/2007
Código do texto: T672106
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
8102 textos (1690770 leituras)
2 áudios (1150 audições)
95 e-livros (6300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:38)
Maurélio Machado