Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"O Homem da Casa" =Poesia de Humor=

Eram sete suas irmãzinhas
Era só ele ali de homenzinho
Num varal cheio de calcinhas
De cuecas só um pouquinho

Sete pares de seios surgindo
Sete traseiros arredondando
Sete bocas pintadas sorrindo
Sete mulherinhas se formando

Era só ele ali de homenzinho
Vendo pendurados sete sutiãs
De camisas só um pouquinho
Muitas roupas de suas irmãs

Mais de dez saias penduradas
Blusinhas coloridas aos montões
Meias-calças, anáguas e cintas
Camisolas, cintas , combinações

Era só ele ali de homenzinho
O banheiro cheirando a perfume
Os quartos, a colônia e talquinho
Ele, o machinho, cheio de ciúme

Ele veio ao mundo, o pai faleceu
Deixando a mulher forte e bonita
“Quem cuida delas agora sou eu”
Disse o homenzinho, figura aflita

Dedicou-se a valer às irmãzinhas
Deu a elas todas as orientações
De como serem sempre boazinhas
Resistindo bravamente às tentações

No Carnaval elas vão prum convento
Cuja localização eu juro que não sei
Rezam muito pela alma do rebento
Do irmão que freqüenta o “Gala Gay”
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 28/09/2007
Reeditado em 28/09/2007
Código do texto: T672610

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 70 anos
1392 textos (191061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:08)
Fernando Brandi